20 de dez de 2011

Perdoando a Insensibilidade dos Adultos



Recentemente atendi uma cliente que se queixou de várias situações no presente onde ela se sentia injustiçada. Situações que tem a ver com o seu trabalho, no seu momento atual de vida.

Entretanto, a medida que ela foi me contando as situações do presente, logo foi emendando e lembrando de eventos lá da infância, onde ela tinha sido injustiçada. É comum haver essa ligação e repetição de sentimentos da infância na vida adulta, mas a maioria de nós não se dá conta disso.