24 de jan de 2011

Realçar a beleza e viver bem? Alimentação é peça-chave


Pense comigo: somos formados por 100 trilhões de células e cada uma delas é uma unidade viva que precisa de cerca de 46 nutrientes diferentes para seu funcionamento pleno.
Renovamos 50 milhões de nossas células todos os dias. Bom, até aqui já dá para começar a ter uma idéia da importância das nossas escolhas alimentares.

Se não ofertamos os nutrientes de que as células precisam em quantidade suficiente a cada indivíduo, e ainda as sobrecarregamos com excesso de substâncias artificiais, elas não atingem seu potencial, e então desequilíbrios são gerados (associados ou não a outros fatores).

Estes desequilíbrios podem ser sutis, como uma dor de cabeça, fadiga e sintomas de TPM, ou então mais graves (depressão, diabetes, câncer, etc).


Podemos fazer uma associação entre nosso organismo e um computador: os nutrientes, hormônios, neurotransmissores e toxinas que circulam diariamente em nosso corpo são as informações e comandos da máquina. Caso ela não esteja aparentando ou funcionando tão bem como você gostaria, é preciso alterar estas informações oferecidas a ela.

A nutricionista pode ajudá-lo na tarefa de reprogramar suas células. Para cada paciente ela realiza contínuas avaliações dos diversos aspectos que envolvem o organismo humano. Com base nos resultados destas avaliações, ela elabora um Plano Alimentar individualizado, com estratégias para equilibrar todos esses aspectos; e é esse equilíbrio que ajudará sua “máquina” a funcionar melhor.

Assim, o que você come ou deixa de comer (e também como seu corpo lida com os alimentos ingeridos) é peça fundamental para obtenção de melhor saúde, boa aparência e vitalidade. A nutricionista com esta abordagem integrativa da nutrição pode ser sua grande parceira nesse processo!

Dra. Jackeline Taglieta
Nutricionista - CRN-3: 20209


Dra. Jackeline passará a escrever artigos sobre nutrição
aqui no nosso Blog à partir deste mês.
Se você tem alguma dúvida ou sugestão, 
mande que teremos prazer em respondê-la!

Nenhum comentário:

Postar um comentário